Stephen R. Covey, “Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes”

Stephen R. Covey: capa do livro "Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes"Enquadramento:
O livro “Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes” representa um novo pensamento e uma interiorização de bons princípios baseados no carácter. Percorrendo o caminho proposto pelo autor, é possível melhorar a relação com o “Eu” para em seguida conseguir obter maior eficácia na relação com os outros.

Resumo do Livro:
Precisamos de mudar de paradigmas, de forma a vermos o mundo sob nova óptica e promover uma transformação poderosa, e conseguir resultados benéficos a longo prazo. Para tal, é necessário estar preparado para a mudança, compreender que as pessoas interdependentes combinam o seu esforço com o esforço dos outros, conseguindo um resultado melhor.

O hábito nº 1, “Ser Proactivo”, significa que possuímos uma força dentro de nós que nos permite ter iniciativa e responsabilidade suficiente para concretizar os objectivos com base nos nossos valores. Este hábito é a força motriz que alavanca os restantes hábitos, porque a responsabilidade da acção é nossa e as oportunidades estão ao alcance de quem as procura.

O hábito nº 2, “Começar com um Objectivo em Mente”, determina que utilizando a imaginação e a consciência podemos escolher o caminho que queremos seguir de uma forma consciente e eficaz. Para tal, é essencial escrever uma “Declaração de Missão Pessoal”, que deve estar em harmonia com os nossos valores mais profundos e com os bons princípios. Nesta declaração deve estar definidos os papeis e as metas, de forma a ficar estabelecido onde quer chegar, servindo como orientação clara no rumo do caminho projectado.

O hábito nº 3, “Dar Prioridade ao que é mais Importante”, ajuda-nos a organizar e separar as tarefas urgentes, não urgentes, importantes e não importantes. A Matriz de Gestão do Tempo determina que temos que ter como prioritárias as actividades de prevenção, desenvolvimento de relações, identificação de novas oportunidades, planeamento, etc., isto é, tarefas importantes, mas não urgentes. Se o fizermos, vamos perder menos tempo a gerir problemas e crises e teremos menos tempo perdido com actividades menos importantes. Na verdade, mais do que saber gerir uma agenda, temos que saber gerir as prioridades com base nos papéis e metas determinados no hábito nº2.

Depois de termos conseguido uma “Vitória Privada”, isto é, o autocontrolo, a independência e disciplina pessoal, vamos procurar a “Vitória Pública”, isto é, uma Interpendência.

O hábito nº 4, “Adoptar a Filosofia Ganha/Ganha”, é um método de liderança interpessoal com base no carácter, nas relações e nos acordos. O objectivo é obter uma aprendizagem e influência mútua com benefícios para ambas as partes.

O hábito nº 5, “Primeiro tentar compreender, depois ser compreendido”, determina que temos que deixar de apenas ouvir as pessoas, temos que passar a tentar compreende-las para poder interagir eficazmente. Para tal, é necessário escutar empaticamente, com disponibilidade e com o objectivo de compreender, tanto a nível intelectual como a nível emocional. Depois de compreender a outra pessoa, esta está agora também disponível para nos compreender.

O hábito nº 6, “Criar sinergia”, significa que podemos obter um resultado melhor através da cooperação entre partes. Neste tipo de estratégia, valoriza-se as diferenças e obtêm-se resultados através do investimento nos pontos fortes de cada pessoa. Se o conseguirmos, a partir daqui teremos novas metas compartilhadas e uma nova cultura fruto da motivação e entusiasmo dos intervenientes.

O hábito nº 7, “Afinar o Instrumento”, é um encerrar de um ciclo, em que após todo o caminho atrás descrito, estamos preparados para preservar e melhorar o “Eu”! Para tal temos que manter e dedicar tempo às quatro dimensões da nossa existência: Física (exercício, nutrição, controlo de stress), Mental (leitura, visualização, planeamento, escrita), Espiritual (clareza de valores e compromisso com eles, estudo e meditação) e Social/Emocional (ajuda, empatia, sinergia, segurança interior).

Todos estes hábitos são sequenciais e necessitam de investimento de tempo, mentalização e esforço de forma a conseguirmos o grande objectivo: a melhoria contínua.Índice:
Primeira Parte: Paradigmas e Princípios
De dentro para fora
Os 7 hábitos – Uma visão geral

Segunda Parte: Vitória Particular
Hábito 1 – Ser proactivo
Hábito 2 – Começar com um objectivo em mente
Hábito 3 – Dar prioridade ao que é mais importante

Terceira Parte: Vitória Pública
Hábito 4 – Adoptar uma filosofia Ganha/ganha
Hábito 5 – Primeiro tentar compreender, depois ser compreendido
Hábito 6 – Criar sinergia

Quarta Parte: Renovação
Hábito 7 – Afinar o InstrumentoFrases-chave:

  • “As pessoas colhem sempre o que semeiam.”
  • “Admitir que não sabemos, é com frequência o primeiro passo da nossa educação.”
  • “Se pretende conquistar a confiança das pessoas, seja digno de confiança.”
  • “E o desejo é a motivação, o querer fazer.”
  • “O crescimento e as oportunidades estão reservados a quem é activo.”
  • “A atitude proactiva em relação a um erro consiste em reconhecê-lo instantaneamente, corrigi-lo e aprender com ele.”
  • “Sem envolvimento não há compromisso.”
  • “Não podemos ter sucesso com outras pessoas sem pagar o preço do sucesso connosco.”
  • “Só as necessidades insatisfeitas motivam as pessoas.”
  • “A chave para o julgamento correcto é a compreensão.”
  • “O que é sinergia? Numa definição simples, significa um todo que é maior do que a soma das partes.”
  • “A essência da sinergia é valorizar as diferenças.”

Foto de autora convidada Joana Botelho para o blogue Comunicação Empresarial PTPost convidado,

da autoria de

Joana Botelho

 

Se gosta deste tema, aconselhamos:

Guy Kawasaki: capa do livro "Encantamento - a arte de criar emoções, ideias e atitudes vencedoras"Guy Kawasaki

Encantamento – A arte de criar emoções, ideias e atitudes vencedoras

Vogais Editora

 

 

Gostou do que leu? Gostaria de receber mais sugestões de leitura, como esta? Subscreva aqui e receba as nossas recensões críticas de livros, reportagens de eventos (online e offline) e, claro, os artigos.

O blogue Comunicação Empresarial PT também está no Google + e no Facebook.

Para profissionais e estudantes da área da Comunicação Empresarial: há uma comunidade LinkedIn aberta a discussão e networking. Esteja onde está toda a gente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s