Steven D. Levitt & Stephen J. Dubner, “Freakonomics – o estranho mundo da economia”

Steven D. Levitt & Stephen J. Dubner - Freakonomics - o estranho mundo da economiaHá livros que se tornam omnipresentes: onde quer que se vá, eles aparecem. São citados por todo o lado, toda a gente recomenda. Quando é assim, eu desconfio. Sou adepto da ideia de que quando toda a gente concorda, algo está mal. E a montanha normalmente pare um rato.

O livro “Freakonomics – o estranho mundo da economia”, que tem por sub-título “O lado escondido de todas as coisas” podia ser mais um desses exemplos. Depois de o ter «namorado» tantos anos (comprei a 11ª edição), seria de esperar que, quando lhe pusesse as mãos em cima, me desiludisse, como aquele a quem finalmente contam uma piada sobre a qual ouviu tantas sugestões durante tanto tempo e depois descobre que, afinal… não tem assim tanta graça. Mas não é.

Steven D. Levitt é um economista fora de série. E quando digo “fora de série” não estou a exagerar: ele pode até nem ser o melhor do mundo – apesar de estar considerado como um dos melhores – mas é, pelo menos, diferente. “Fora de série”, portanto.

Os dados são isso mesmo: dados. Se não forem contextualizados, não fazem qualquer sentido. A inteligência está não em amontoar números, mas em extrair conhecimento deles. E são poucos os que conseguem fazê-lo de forma tão surpreendente e até imparcial como Levitt.

Por seu lado, Stephen K. Dubner, jornalista do New York Times e do The New Yorker, acaba por criar com ele uma parelha poderosa, dando à sua visão perspicaz a eloquência que necessitava para que o conhecimento de Levitt fosse para lá do limite sacrossanto dos economistas, fazendo surgir a freakonomics – uma visão sobre a realidade que, não sendo economia pura, também não é mera especulação – dessa química entre os dois.

Os autores defendem que não há um tema subjacente ao livro. Eu digo que há: a desmistificação do senso comum. Através do relacionamento de dados aparentemente tão díspares, somos conduzidos por raciocínios inteligentes que nos estabelecem a relação entre  professores e os lutadores de Sumo, entre agentes imobiliários e membros Ku Klux Klan.

Levitt ainda teoriza sobre questões como o que é que faz um pai ser um bom pai ou porque é que os traficantes de droga não têm, na sua maioria, casa própria. Ele pergunta-se ainda acerca da relação entre os nomes e os nossos destinos e o porquê do decréscimo da taxa de crime que se tem verificado nos EUA da última década. E ainda nos explica que pior do que ter uma arma em casa… é ter uma piscina em casa.

Curiosos? Espero que sim. O livro lê-se bem e rápido, mas não deixa de ter imensas curiosidades da vida moderna à nossa disposição desvendadas.

 

Se gosta deste tema, aconselhamos:

Ori e Rom Brafman: capa do livro "Irracional - o que leva pessoas inteligentes a tomarem decisões erradas"Ori Brafman & Rom Brafman

Irracional – o que leva pessoas inteligentes a tomarem decisões erradas

Editora Lua de Papel

 

Clara Pracana: capa do livro "O líder sedutor"Clara Pracana

O Líder Sedutor

Climepsi Editores

 

 

Gostou do que leu? Gostaria de receber mais sugestões de leitura, como esta? Subscreva aqui e receba as nossas recensões críticas de livros, reportagens de eventos (online e offline) e, claro, os artigos.

O blogue Comunicação Empresarial PT também está no Google + e no Facebook.

Para profissionais e estudantes da área da Comunicação Empresarial: há uma comunidade LinkedIn aberta a discussão e networking. Esteja onde está toda a gente.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s